NEWS

Pilares tecnológicos da Indústria 4.0 - Internet Industrial das Coisas (IIoT)

Written by Wagner Santana on .

User Rating: 5 / 5

Star ActiveStar ActiveStar ActiveStar ActiveStar Active
 

Internet Industrial das Coisas (IIoT)

Internet Industrial das Coisas, ou ainda The Industrial Internet of Things (IIoT), é a aplicação da internet das coisas na indústria. Esse conceito também está completamente relacionado à indústria 4.0.

Logo, se a IoT é um conceito tecnológico que representa a conexão dos diversos objetos da nossa vida cotidiana com a rede mundial de computadores, IIoT tem o mesmo objetivo só que para indústrias.

A aplicação é por meio de uma rede de computadores inteligentes, dispositivos e objetos que coletam, através de sensores, e compartilham grandes quantidades de dados. 

A revolução permitirá a aquisição e acessibilidade de enormes quantidades de dados, em grande velocidade e muito mais eficiente que antes. 

Apesar de que já existem algumas empresas trabalhando e investindo nessa área, Internet Industrial das Coisas (IIoT) ainda é um conceito complexo. Os principais desafios são interoperabilidade, segurança e grande volume de troca de dados. 

A interoperabilidade é a capacidade de diversos sistemas e organizações trabalharem em conjunto. Essa característica entre dispositivos de diferentes marcas ainda é um desafio, embora já existam iniciativas de empresas globais para unificar esses sistemas. 

Por exemplo, a Dell, Intel e Samsung fazem parte do grupo Open Interconnect Consortium (OIC) para criar um protocolo comum e garantir o bom funcionamento da conexão entre diferentes dispositivos. 

A segurança é um desafio porque as empresas precisam saber que seus dados estão seguros. Ainda existe um conservadorismo em relação a segurança hoje. 

Além disso, é questionado se todo esse volume de troca de dados gerado será suportado. As empresas prestadoras de serviço precisam garantir a infraestrutura necessária para uma explosão exponencial de dados nos próximos anos.

Benefícios da Internet Industrial das Coisas (IIoT)

1- Eficiência operacional e maximização dos lucros 

A eficiência operacional é o mais falado atualmente, e os primeiros adeptos estão focados nesses benefícios. 

Ao introduzir automação, conectividade e técnicas de produção mais flexíveis, por exemplo, os fabricantes podem aumentar sua produtividade em até 30%. Esse dado também foi disponibilizado pelo estudo realizado pela Accenture. 

Além disso, a escalabilidade, economia de tempo e de custos, auxilia na maximização dos lucros de organizações industriais. 

Já existem empresas se beneficiando da economia de custos através de manutenção preventiva (Exemplo da Michelin), segurança e outras eficiências operacionais. 

2- Novos serviços e modelos de negócios

A inovação por meio da internet industrial das coisas, permite que sejam criados novas fontes de receitas pela criação de novos serviços conectados. Os modelos de negócio híbridos, permitem que sejam aproveitados tantos os produtos quanto serviços digitais. 

A utilização de serviços digitais ainda melhora o relacionamento com o cliente. Pois, a entrega do produto possibilita diferentes pontos de contatos que geram informações valiosas para o cliente. É criada uma relação de confiança e lealdade. 

3- Maior conhecimento para tomadas de decisões 

A análise dos dados industriais permite que os executivos tenham maior quantidade de informação. Isso facilita para tomarem melhores decisões em virtude de ter uma visão mais precisa do desempenho da indústria. 

Para completar, a rede da IIoT de dispositivos inteligentes permite que as organizações industriais conectem todas as suas pessoas, dados e processos do chão de fábrica até os executivos. Auxiliando ainda mais na produtividade dos líderes e nas tomadas de decisão.

Sua empresa possui necessidades especificas de mercado, nós possuímos as soluções ideais para o seu negócio.

Print